X

INSCREVA-SE AO NOSSO BLOG


E receba as últimas dicas sobre Email Marketing

Não, obrigado

¿Como Adaptar o seu E-mail Marketing à Crise do Coronavírus?

¿Como Adaptar o seu E-mail Marketing à Crise do Coronavírus?

Durante alguns meses, o vírus Corona esteve dominando as manchetes noticiarias pelo mundo todo. Devido a esta situação, os marqueteiros de marca ao redor do planeta precisam saber desesperadamente como lidar com estes acontecimentos, já que eles estão afetando severamente a nossa economia mundial. 

Assim como qualquer outro meio de marketing, o coronavírus também afetou o e-mail marketing, o que também pode afetar a sua loja online. Este vírus devastador já despencou o mercado de ações e causou interrupções funcionais em várias indústrias, sejam elas a saúde, o comércio eletrônico, a medicina ou a educação.

Isso acabou gerando duas dúvidas para o pessoal do e-mail marketing, que são: como responder a essas mudanças e como antecipar o comportamento do cliente para que as vendas não sejam afetadas em grande escala. Porém, para ajudar os países afetados a revigorar a economia mundial, você precisa criar novas estratégias de marketing com base na situação atual.

Como um marqueteiro de e-mail, você deve estar pensando como é possível fazer isto. Então, aqui vai um guia lhe explicando como adaptar o seu marketing por e-mail à crise do coronavírus.

  • Não priorize as suas vendas durante esta época sensível

Não fique parado durante uma época de crise. Em vez disso, demonstre um pouco do seu apoio e de sua compaixão durante esta situação apavorante. Apesar de que haverão momentos em que você dirá a coisa errada na hora errada, em uma situação assim, você precisa apenas demonstrar o seu total apoio às pessoas que foram afetadas e às suas famílias.

Por isso, nesta situação, continue priorizando a ideia de “como você pode apoiar os seus clientes durante esta época devastadora” ao invés de priorizar apenas o seu aumento de vendas. Isto pode até prejudicar a divulgação de sua marca.    

Várias empresas, como a Dell, a Microsoft e outras já doaram milhões de dólares à Cruz Vermelha chinesa. Mas você não é obrigado e tirar dinheiro do seu bolso caso você não tenha muito. Você pode expandir a sua marca compartilhando mensagens de apoio, doar alguns produtos para aqueles que estão em maior necessidade e criar um conteúdo relevante para educar as pessoas.  

Além disso, não tire vantagem desta época ou do pânico causado pelo vírus para aumentar as vendas de sua loja online. NÃO PRIORIZE a divulgação de suas ofertas com descontos especiais. Mesmo que isso traga um aumento de vendas temporário, isso pode gerar um efeito negativo em sua reputação. 

Outra dica incrível para demonstrar o seu apoio é oferecer os itens básicos. Por exemplo, distribua máscaras gratuitamente para que as pessoas possam se proteger do vírus. Ou, já que as pessoas precisam lavar as suas mãos com mais frequência, você poderia distribuir garrafas de gel desinfetante para que as pessoas mantenham as suas mãos hidratadas. Você pode doar estes produtos diretamente para o hospital ou distribuí-los em casa.

  • Priorize os clientes certos

Já que as pessoas estão ficando cada vez mais isoladas em suas casas, isso está impulsionando as vendas online. Isso também está causando faltas de estoque e atrasos na logística e na fabricação, o que torna difícil a tarefa de entregar os produtos aos clientes que estão pagando.    

Tendo isso em mente, em vez de se dedicar a obter novos clientes, os marqueteiros do comércio eletrônico devem priorizar a sua relação com os seus clientes atuais de maior valor vitalício. São eles quem irão ficar e gastar durante esta época de crise.

Utilize a aprendizagem de máquina profunda para analisar os seus dados com mais eficiência e identificar os seus clientes de maior valor vitalício. Isso é feito examinando os comportamentos passados e descobrindo padrões para segmentar o público, depois prevendo as taxas de conversão de cada grupo. Assim que você tiver uma ideia de quem são os seus clientes, você pode personalizar as suas campanhas de engajamento com base neles.

Além disso, este é um momento onde focar nos clientes certos é indispensável. Analise os seus produtos e dê prioridade aos clientes certos. Imagine que você está tentando vender máscaras cirúrgicas; neste caso, não dê prioridade às crianças. Em vez disso, seria melhor se você focasse nos pais delas e nos hospitais. 

Ademais, seja lá o que você estiver criando e enviando em seu e-mail, certifique-se de que seja interessante e cativante. Assim, as pessoas serão forçadas a abri-lo e a navegar pelas suas seções. Baseando-se no coronavírus, integrar alguns visuais e palavras-chave relevantes em suas campanhas de e-mail marketing e em sua publicidade pode ajudá-lo a chamar atenção para as mesmas. Entretanto, você precisa tomar cuidado e garantir que isso seja adequado.

Por fim, não realize campanhas para produtos que não estão relacionados à situação atual. Porém, se o seu produto puder ajudar as pessoas agora mesmo, como por exemplo, um creme de mão ou um gel desinfetante, você pode divulgar a sua mensagem e o seu produto.

  • Comunique-se com mais frequência

Dada a situação atual, cada vez mais pessoas estão evitando fazer interações sociais e preferem estar em casa como uma medida de prevenção. Isso lhe traz a oportunidade perfeita para se comunicar com os seus clientes com mais frequência, já que eles estarão online por mais tempo. E já que as pessoas estão se isolando em suas casas, isso pode gerar maiores taxas de abertura.

Você ficará impressionado ao saber que todas as plataformas de marketing social receberam um aumento repentino em número de usuários. Seja o conteúdo relacionado à área de saúde ou fitness, aos jogos, ao artesanato ou às notícias mais recentes; as pessoas estão passando a maior parte do seu tempo por trás das telas de seus laptops e celulares.

Portanto, você pode enviar e-mails relevantes com mais frequência ao invés de enviá-los uma semana aleatória ou uma vez por mês. Você pode enviar o seu e-mail diariamente ou a cada dia aleatório, ou criar vídeos e aplicativos para divulgar a sua marca.  

Por exemplo, se você estiver na indústria de saúde ou de fitness, você pode divulgar vídeos de exercícios simples e de refeições saudáveis para combater o vírus. Além disso, divulgue o seu produto da forma correta. Divulgue os seus produtos acompanhados de algumas dicas de prevenção e incentive as pessoas para que permaneçam saudáveis e fortes caso você esteja vendendo alimentos. 

  • Segmentando o seu público

Outra parte importante que irá aumentar as suas vendas de e-mail marketing é a segmentação do seu público. Segmentar as suas listas de contatos pode lhe ajudar a entregar as informações mais importantes e valiosas para o seu público no momento certo.

O coronavírus está fazendo com que cada vez mais pessoas naveguem online e leiam mais a respeito. Ao ler mais e mais a respeito deste vírus, essas pessoas irão comprar os produtos necessários para ajudá-los a se prevenirem do mesmo.

Isto gera várias oportunidades para você e diversas outras marcas. As indústrias podem estar relacionadas ao bem-estar, à saúde e à indústria farmacêutica. Para colher todos os benefícios durante esta época de crise, você precisa priorizar os clientes certos na hora certa.    

Você pode recorrer à ajuda de ferramentas a base de inteligência artificial para analisar os dados online e identificar quem está lendo o conteúdo a respeito do coronavírus e que tipo de conteúdo essas pessoas normalmente leem. A partir daí, você pode segmentar o seu público alvo com base nas palavras-chave ou nos assuntos que mais lhe interessam para fornecer um conteúdo relevante e realizar uma segmentação mais precisa.       

  • Comunique-se de forma sensível

Nesta época de crise, você precisa lidar com o seu público com muita cautela. Já que este vírus tem afetado a população tanto fisicamente quanto emocionalmente, você precisa ter bastante cuidado ao conversar sobre estes problemas com os seus clientes.

Não seja ganancioso, desrespeitoso e não priorize apenas a venda dos seus produtos. Isso pode afetar a sua reputação negativamente, o que também pode afetar as suas vendas assim que esta situação for resolvida. Lembre-se que as pessoas estão passando por tempos difíceis e que elas precisam de um pouco de apoio emocional.  

Além disso, em cada e-mail, lembre-se de incluir alguns dados importantes. Isso pode se tratar de algumas dicas e truques para se prevenir contra o vírus ou o endereço de locais próximos onde as pessoas possam fazer um teste caso estejam apresentando sintomas da doença.

Por fim, lembre-se que nem todo mundo está completamente informado sobre a situação e sobre os efeitos prejudiciais do vírus. Com o seu e-mail, você pode educar as pessoas sobre a situação atual e oferecer algumas dicas preventivas para lidar com o problema. Liste os sintomas do vírus e recomende que os seus clientes sejam testados o mais antes possível para que eles possam ser curados.  

Nesta época, você precisa ser bastante cauteloso. Certifique-se de que você está criando os seus anúncios e os seus e-mails sob o contexto certo. Preste atenção no tempo e na forma como os seus clientes estão vendo os seus e-mails. Antes de enviar um e-mail, certifique-se de usar um tom de fala natural. Utilize algumas ferramentas online para analisar os dados e obter um melhor conhecimento dos seus clientes para poder ajudá-los nestas horas de necessidade. 

Conclusão

Embora sejam tempos difíceis para vários países, a boa notícia é que esta crise é apenas temporária. Já que as pessoas estão passando maior parte do seu tempo online, isto é uma oportunidade fantástica para desenvolver o nome de sua marca. Você pode fazer isto seguindo as dicas certeiras mencionadas acima. Ou, como alternativa, você pode engajar mais pessoas oferecendo um conteúdo interessante e de qualidade. 

Levando a situação atual em mente, se você priorizar a educação e o entretenimento, isso traria vários benefícios para as suas campanhas de e-mail marketing e para a sua marca. Além disso, também demonstre o seu apoio aos seus funcionários internos. Permita que eles trabalhem em casa e lembre-se de perguntar como eles estão se sentindo, além de também perguntar sobre as suas famílias.  

No entanto, apesar de todas essas dicas e truques, certifique-se de manter os seus clientes como a sua maior prioridade. Leve o seu apoio para eles e esteja sempre disponível, ajustando a sua estratégia de marketing com base nisso. Desta forma, você estará em uma boa posição para proteger a sua marca atualmente e também futuramente. 

Além disso, caso você precise de ajuda com o seu e-mail marketing, você pode falar com a gente. Nós do Mailpro iremos lhe oferecer algumas sugestões indispensáveis para as suas campanhas para que você possa aumentar a sua taxa de conversão.   

Os comentários estão fechados

USE A SOLUÇÃO SUÍÇA NÚMERO 1 DE E-MAIL MARKETING NA NUVEM PARA PMES, MAILPRO!

Mailpro